Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2010
Reveillon 2009/2010 na Serra d' Arga

 

Aproveitando as férias do Natal, a Tribo de Exploradores, concretizou a sua “expedição” do primeiro trimestre, para a qual convidou os Caminheiros, no já nosso conhecido refúgio de montanha, na Serra d’ Arga, pertença da “Associação dos Celtas do Minho”, com quem temos um protocolo de cooperação.
O "reveillon"/acantonamento naquelas instalações de montanha, sempre castigadas por vento, frio e chuva, realizou-se entre os dias 31 de Dezembro de 2009 e 3 de Janeiro de 2010.
 
 
 
Por impossibilidade inesperada de alguns Exploradores, a actividade acabou por ter (mais ou menos...) 60% de Exploradores e 40% de Caminheiros.
No entanto, desde que saímos da sede, bem como no “reveillon” que se realizou na noite de passagem de ano, quer na subida ao ponto mais alto da região, aproveitando uma tarde de tímido Sol, onde está localizado o marco geodésico, sempre reinou a boa disposição e o companheirismo.
 
 
“Pensa pela tua cabeça”, foi o tema desta “expedição”.
Por esta razão, quer á luz do “petromax”, quer á luz das lâmpadas, alimentadas pelo painel solar ou pelo nosso gerador, houve momentos de reflexão acerca de nós próprios, dos outros e da natureza e de Deus.
 
 
Graças a uma “abertazinha”, em que o Sol brilhou, fomos ás compras a Valença, lindíssima localidade fronteiriça, que quase nenhum dos participantes conhecia (!!!), de donde "namoramos" a Galiza e onde visitamos uma interessante exposição de artesanato, no posto de turismo, que se situa dentro das muralhas.
 
 
Devido ao mau tempo, o “jogo do pirilampo” que se chegou a começar no exterior do abrigo, numa das noites, foi substituído por uma animada noitada de “Monopólio”, que se prolongou até de madrugada e em que o Bruno, que achava aquele jogo uma “seca”, se revelou um verdadeiro e entusiasmado “capitalista”.
 
 
Houve também duas sessões de cinema, com pipocas e tudo, numa das quais vimos e falamos acerca do filme de Mel Gibson, "A Paixão de Cristo".
No último dia, ainda tivemos tempo de ir junto ás fabulosas quedas de água em Arga de Baixo e de sentir o poder da natureza, antes de regressarmos a casa, para preparamos as coisas para mais um período lectivo que nos espera.


publicado por aep-grupo203 às 15:38
link do post | comentar | favorito
|

Acantonamento de Natal 2009

 

No fim-de-semana de 19 e 20 de Dezembro de 2009, realizou-se na nossa sede, um acantonamento, em que participaram elementos da Tribo de Exploradores e do Clan.
 
 
 
 
Foi uma actividade em que se reflectiu acerca das especificidades de ambas as Divisões, mas em que também houve lugar á diversão, já que ninguém prescindiu de ver os “Ídolos” online, no portátil do Diogo, bem como á prática da “haute - cuisine paçodesousense”, tendo-se também feito uma limpeza das instalações.


publicado por aep-grupo203 às 15:36
link do post | comentar | favorito
|

Ceia de Natal do Grupo 203

 

Como é já tradição no nosso Grupo, realizou-se, na nossa sede, no passado dia 18 de Dezembro de 2009, a Ceia de Natal, que contou com a participação de todos os elementos e dirigentes, bem como com a presença dos nossos pais e encarregados de educação, que nos brindaram com deliciosas sobremesas, frutas e doces de Natal.
Depois da Ceia, houve a tradicional troca de presentes entre todos os Lobitos, Escoteiros, Exploradores e Caminheiros, não tendo sido esquecidos os Dirigentes, que ao longo do ano, dão voluntariamente, ao Movimento Escotista, em Paço de Sousa, não umas migalhas, mas grossas fatias do seu tempo.
Foi uma festa muito divertida, que contou com a presença do Senhor Dr. Antonino Sousa, Vereador da Juventude, da Câmara Municipal de Penafiel, personalidade que tem apoiado incondicionalmente o nosso Grupo, desde a primeira hora.
Os cânticos de Natal (mais ou menos) bem ensaiados e o forte calor humano que se manifestou no sorriso de todos, fez esquecer o frio vento que se fazia sentir na nossa Vila.
Frio e muita neve, foi o que impediu, dado o cancelamento de todos os voos, a equipa de Caminheiros da Bélgica, que deveriam chegar a tempo da Ceia de Natal, de estarem entre nós, entre os dias 18 e 23 de Dezembro. Esperamos que em breve seja possível ter-vos entre nós.
Como homenagem aos companheiros belgas, que certamente ficaram muito tristes com esta “partida” que a neve lhes pregou, decidimos que a bandeira da Bélgica (feita pelas caminheiras Catarina e Isabel) seria desfraldada na sala onde decorreu a ceia de Natal, como se pode ver na fotografia.
 

 

 



publicado por aep-grupo203 às 15:30
link do post | comentar | favorito
|

Ceia de Natal em Baião

 

Realizou-se, no passado dia 12 de Dezembro de 2009, uma Ceia de Natal, organizada pelos pais e encarregados de educação dos elementos do Grupo 233, da Associação dos Escoteiros de Portugal, os nossos queridos afilhados de Baião.
Foi com muita alegria que o “Elefante Vigilante” do Grupo 203, recebeu o convite, para participar, em nome do Grupo, em tão animada festa.
Pela sua grandeza de alma (e…de corpo) e verdadeira amizade escotista, foi também convidado pelos simpáticos anfitriões, o “grão – mestre” dos Clãs de entre Douro e Sousa, o Chefe Paulo Silva, do Grupo 17, sempre bem disposto e brincalhão.
 
 
Os pais dos Escoteiros de Baião, como habitualmente, receberam-nos com a simpatia e o carinho habituais e trataram-nos como príncipes, até porque o repasto, em que nada faltou, desde as tradicionais doçarias de Natal, ao “fiel amigo”, passando pelos afamados vinhos baionenses, foi digno de reis.
 
 
 
 
Depois de muito bem comer, foi altura dos artistas locais, desde os Lobitos aos Dirigentes, terminando nos talentosos pais (sobretudo mamãs) subirem ao palco, da casa da juventude de Baião, em Chavães, numa animada festa que se prolongou até bem tarde.
Muito obrigado por tudo. Beijinhos ás mamãs e abraços aos papás.
Viva o Grupo 233 de Baião.


publicado por aep-grupo203 às 15:25
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 7 de Dezembro de 2009
OFICIALIZAÇÃO DO GRUPO 237 - MARCO DE CANAVESES

 

O Grupo 203 de Paço de Sousa, disse “presente”, na oficialização do Grupo Marcoense dos Escoteiros de Portugal, o bébé “237” da nossa associação, que teve lugar no passado Domingo, dia 6 de Dezembro de 2009.
 
 
Com efeito, foi com muita alegria e alguma emoção, que uma delegação de vinte elementos do nosso Grupo, pode assistir aos primeiros momentos do Escotismo em terras do Marco de Canaveses, que decorreu no Convento Carmelita de Avessadas.
 
 
No acto oficial, estiveram presentes o representante da Chefia Nacional, José Araújo, que fez a entrega da bandeira ao Augusto, ECG do 237, bem como o Chefe Regional, Abílio Matos, que aceitou o compromisso de honra do Augusto, como Escoteiro Chefe de Grupo.
Como se sabe, cerimónia de oficialização de um Grupo é sempre demorada, pelo facto de na AEP não se fazerem compromissos de honra colectivos, porque consideramos que se trata duma declaração pública de vontade, feita pela nossa honra, que compromete INDIVIDUALMENTE cada elemento, desde os Lobitos, aos Dirigentes.
 
 
Fizeram o compromisso de honra mais de quarenta elementos do novo Grupo 237.
Por esta razão, a dada altura, os elementos estudantes, do Grupo 203, que não quiseram faltar á festa dos nossos companheiros do Marco de Canavezes, mas que tinham que estudar para os testes da segunda-feira, retiraram-se discretamente para o sossego do claustro do convento, onde tiveram oportunidade de fazer algumas revisões, antes do lanche, servido de forma principesca, nos salões da comunidade religiosa anfitriã.
 
 
Foi uma festa muito bonita e só foi pena que a chuva não desse a mínima trégua, mas como costumam dizer os “Velhos Lobos”, “no Verão, qualquer burro é Escoteiro !!”.
Com a oficialização do Grupo 237 do Marco de Canaveses, estão assim criadas as condições regulamentares e estatutárias, para conjuntamente com o Grupo 203 de Paço de Sousa e com o Grupo 233 de Baião, que também esteve presente, ser criado o Núcleo, que poderá ser designado de “Douro, Sousa e Tâmega”, da Região Norte e Centro, da Associação dos Escoteiros de Portugal.
 


publicado por aep-grupo203 às 14:18
link do post | comentar | favorito
|

Conselho Regional

 

  Decorreu no passado Sábado, dia 5 de Dezembro de 2009, na sede do Grupo 33, da Associação dos Escoteiros de Portugal, na cidade do Porto, o Conselho Regional.

 

Estiveram presentes quase todos os Grupos da nova Região Escotista, que engloba todos os nove Distritos a Norte do rio Mondego, nomeadamente Coimbra, Guarda, Aveiro, Viseu, Porto, Braga, Viana do Castelo, Bragança e Vila Real.

 

Presidiu á reunião o Chefe Nacional, Nelson Raimundo, que se congratulou com a presença dos muitos dirigentes, que desde Góis até Guimarães e do Porto a Lamego, ali se deslocaram, para decidir a designação da nova Região, para eleger a Chefia Regional, o Presidente da Mesa do Conselho Regional e para decidir outros assuntos de interesse para todos os Grupos.
Por se tratar do Chefe presente com mais antiguidade e por dirigir há algumas décadas os destinos do Grupo 4, o mais antigo Grupo da Região, que em breve completará os 75 anos de vida, merece um especial destaque, sem desprimor para nenhum dos participantes, a presença do Chefe Domingos Figueiredo, que saudamos com alegria.

 

Das propostas para a designação da nova Região, nomeadamente, “Região Centro - Norte”, “Região Norte e Centro”, “Região de entre Minho e Mondego” e “Região da Lusitânia”, foi aprovada por esmagadora maioria, a designação “REGIÃO NORTE E CENTRO”, que substitui para todos os efeitos legais, a anterior Região do Porto, que coincidia com o Distrito do Porto, englobando também os Grupo 212 de Oliveira de Azeméis e 18 de Cucujães, no vizinho Distrito de Aveiro.

 

Foi eleito, por unanimidade, o Pedro Medeiros, do Grupo 235 de Vila Nova da Telha, como Presidente da mesa do Conselho Regional.

 

Foi também eleita, por maioria absoluta, a nova equipa que irá gerir os destinos da Região, composta pelos seguintes elementos:
José Abílio – Chefe Regional
Adão Pinto (Grupo 25 de Guimarães) – Chefe Regional Adjunto
Henrique Magueija (Grupo 203 de Paço de Sousa) – Chefe Regional Adjunto
Nuno Vieira (Grupo 49 de Lamego) – Chefe Regional Adjunto
Delfim Carreira (Grupo 10 da Figueira da Foz) – Chefe Regional Adjunto

 

Os elementos da nova Chefia Regional, prestaram o compromisso de honra perante o Chefe Nacional, antes do encerramento dos trabalhos.
 

    



publicado por aep-grupo203 às 14:11
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 1 de Dezembro de 2009
Grupo 203 com o Banco Alimentar

 

 
No passado Domingo, dia 29 de Novembro de 2009, os Exploradores e os Caminheiros do Grupo 203, estiveram num supermercado de Penafiel, procedendo à recolha de alimentos para os mais necessitados.
 
 
Com efeito, foi pedido o nosso apoio, pelo Banco alimentar contra a fome e foi com muita alegria, que em conjunto com a Casa do Povo de Peroselo, durante o fim de semana, se recolheram algumas toneladas de alimentos, graças á grande generosidade do povo de Penafiel, que nunca diz não aos que precisam de ajuda.
 
 
Foi também muito interessante, falar ás pessoas acerca do Escotismo, verdadeiramente para todos, tal como o concebeu o nosso fundador, Robert Baden – Powell.
Contamos também com a ajuda da Maria, uma aspirante a Exploradora, que nos surpreendeu com o seu voluntarismo e simpatia.
 
 
Mas, mais importante ainda, foi saber que apesar do muito frio que passamos, o nosso esforço será recompensado com o sorriso e o conforto de todos os que irão beneficiar da comida que foi recolhida naquele fim-de-semana.
 
 


publicado por aep-grupo203 às 23:40
link do post | comentar | favorito
|

Raposa atropelada em Paço de Sousa

 

Foi com muita tristeza que pouco antes das oito horas, na manhã da passada sexta-feira, dia 27 de Novembro de 2009, demos com uma raposa morta, no passeio da Avenida da Liberdade, aqui em Paço de Sousa.
 
 
A raposa aparentava ter sido atropelada há algumas horas, uma vez que quando a encontramos, já estava em rigidez cadavérica. Efectivamente, dado que estes belissimos animais costumam caçar por volta das seis da manhã, é muito provável que tenha decidido atravessar a avenida áquela hora, o que torna este atropelamento ainda mais estranho.
 
 
Os automobilistas desatentos, que por ali passavam áquela hora, pensavam certamente que se tratava de mais um pobre cão atropelado, naquela avenida da nossa vila, onde os condutores mais inconscientes vão muito além dos cinquenta quilómetros por hora, que é, como sabem, o limite de velocidade dentro das localidades.
 
 
A Guarda Nacional Republicana de Paço de Sousa, foi avisada da ocorrência, para proceder ás necessárias investigações, uma vez que se trata de um animal selvagem, que não “merecia” uma morte daquelas.
Face ao sucedido, a Sara, guia da Patrulha Raposa, da Tribo Inca de Exploradores do Grupo 203, decretou uma semana de bandeirola a meia haste.


publicado por aep-grupo203 às 22:44
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 13 de Novembro de 2009
Projectos Rios - "Projecto Sousa/Gamuz - Grupo 203"

 

 
Como sabemos, cerca de metade dos rios de Portugal tem má qualidade físico - química nas suas águas e não respeita a qualidade ecológica (equilíbrio com os seres vivos) nas suas margens.
Conscientes desta situação, e tendo presente que o sexto artigo da Lei do Escoteiro, refere que ele é “respeitador e protector da natureza”, e levados pelo grande amor que têm ao “nosso” Rio Sousa, que tem sido tão brutalizado, os elementos do Grupo 203 de Paço de Sousa, resolveram aderir ao “Projecto Rios”, sendo assim a primeira instituição de todo o Concelho de Penafiel, a aderir a tal iniciativa.
Este projecto, que teve origem na Catalunha, em 1999, está agora em Portugal, sob a direcção do Professor Engenheiro Pedro Teiga, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e consiste na adopção de um troço de quinhentos metros de um rio ou ribeira.
 
Este troço de rio Sousa, que queremos proteger, limpar e monitorizar cientificamente, começa no local onde desagua o ribeiro de Gamuz, pelo que o nosso Grupo designou esta iniciativa de “Projecto Sousa/Gamuz”.
Assim, após uma cuidada apresentação teórica na nossa sede, pelo responsável máximo do projecto em Portugal, Professor Eng.º. Pedro Teiga, tivemos uma primeira visita de “apresentação” ao rio e ás suas criaturas e problemas, em que nos acompanhou o Senhor Presidente da Junta de Freguesia, que prometeu apoiar a iniciativa dos Escoteiros.
 
 
Logo que nos ambientemos com os procedimentos de medida de diversos factores relacionados com a água, nomeadamente velocidade, temperatura, índice de PH, profundidade, análise e catalogação da fauna e flora e outros, faremos o arranque oficial do projecto, com a participação do povo de Paço de Sousa e de todas as instituições e autoridades da Freguesia e do Concelho, de quem precisaremos nesta nossa iniciativa e também para aderirem ao “Projecto Rios”, adoptando mais troços de quinhentos metros de rio Sousa, para que este símbolo da nossa terra nos volte a todos a encher de orgulho e de alegria, e que em breve se possa voltar às brincadeiras nas suas margens e aos mergulhos nas suas águas.
 


publicado por aep-grupo203 às 16:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Caminhada Ecológica

 

Como parceiro da Associação Florestal que gere a ZIF (Zona de Intervenção Florestal) que abrange a Freguesia de Paço de Sousa, o Grupo 203, no passado dia 7 de Novembro de 2009, apresentou-se bem cedinho, junto á capela da Casa do Gaiato, na nossa vila, local onde teve início mais uma caminhada ecológica.
Esta caminhada, orientada pela senhora Engenheira Amália, da Associação Florestal, que nos esclareceu, como habitualmente, acerca de tudo o que diz respeito á nossa floresta, teve uma extensão de cerca de nove quilómetros, que todos nós, incluindo Lobitos pata-tenra, enfrentamos com valentia, até porque o tempo estava agradável, apesar da constante ameaça de chuva, que acabou por não cair.
 
 
No nosso passeio pela floresta de Paço de Sousa, aprendemos que a conhecida casa da Quinta de São Martinho de Velhas, em Covêlo, remonta ao século XII e tomou o nome de uma das quatro antigas Freguesias dos domínios de Paço de Sousa.
Mais adiante, quase no fim da caminhada, entramos num antigo troço do “Caminho de Santiago”, um passeio muito bonito e inspirador. Foi aqui que nos foi mostrado, cavado num penedo, mas na face não visível do caminho, um “nicho”, conhecido pelo nome de “alminhas quebradas”.
 
 
A caminhada terminou onde começou e regressamos á sede para almoçar, já que da parte da tarde, teríamos a apresentação do “Projectos Rios”, de que falaremos no post seguinte.


publicado por aep-grupo203 às 16:01
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
29
30

31


posts recentes

Reveillon 2009/2010 na Se...

Acantonamento de Natal 20...

Ceia de Natal do Grupo 20...

Ceia de Natal em Baião

OFICIALIZAÇÃO DO GRUPO 23...

Conselho Regional

Grupo 203 com o Banco Ali...

Raposa atropelada em Paço...

Projectos Rios - "Project...

Caminhada Ecológica

arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds