Quarta-feira, 14 de Maio de 2008
Acção de formação sobre o novo Programa para Jovens (PpJ)

Decorreu na Casa do Alto, na Maia, no passado Sábado, dia 10 de Maio, uma acção de formação, promovida pela Escola Nacional de Formação Insígnia de Madeira (E.N.F.I.M.) destinada a esclarecer os dirigentes das Divisões, dos Grupos do Norte, acerca do novo PpJ, que entrará plenamente em vigor, após uma fase transitória, que ainda decorre, no próximo ano Escotista 2008/2009, em 30 de Setembro.

O Grupo 203, fez-se representar pela Escoteira-Chefe da Alcateia (Akelá), Olímpia Magueija, pelo Escoteiro-Chefe da Tribo de Exploradores, Célio Lopes e pela aspirante a Escoteira-Chefe de Clã, Rosa Paula.

A Tribo de Escoteiros, foi representada pelo Escoteiro-Chefe de Grupo, uma vez que por impedimentos de natureza profissional, quer o Escoteiro-Chefe, quer o Escoteiro-Subchefe desta Divisão, não puderam estar presentes.

Foi uma manhã muito esclarecedora e que contribuiu para desfazer algumas dúvidas que ainda persistiam e que irá contribuir para o enriquecimento da aplicação da proposta educativa do Escotismo.



publicado por aep-grupo203 às 00:47
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 13 de Maio de 2008
Visita de Grupos de Escoteiros de Valladolid, Espanha a Paço de Sousa

 

Mais uma vez o grupo 203 foi honrado com a visita de escoteiros estrangeiros. Desta vez foram quatro grupos, provenientes da cidade de Valladolid, na Provincia de Castela-e-Leão, em Espanha, que estiveram entre nós, dos dias 1 a 4 de Maio.
Assim, a meio da tarde, do dia 1 de Maio, depois de terem parado para descansar e almoçar, no lindo parque da cidade de Penafiel, chegou a Paço de Sousa um autocarro, cheio de “Scouts” do Movimiento Scout Catolico de Espanha.
 
 
 Eram pouco mais de três dezenas de raparigas e rapazes cheios de alegria de viver e que rapidamente conquistaram a nossa amizade, dando provas de verdadeiro companheirismo.
 
 
 Logo a seguir á arrumação das mochilas na sede do Grupo 203, que seria a sua casa durante quatro dias, foram saudados pelo senhor Manuel Ferreira, Presidente da Junta de Freguesia de Paço de Sousa, que fez questão de se deslocar ás instalações do nosso Grupo, tendo enaltecido as virtudes do Escotismo, enquanto forma de fomentar o intercâmbio cultural, para seguidamente fazer a entrega de lembranças aos representantes dos Grupos espanhóis presentes, que assinaram de seguida o nosso Livro de Honra.
Seguiu-se a apresentação dos Grupos, através de pequenos vídeos, cheios de música e cor, tendo-se trocado lenços entre o Grupo 203 e os Grupos Scout “El Pilar”, “Iberos”, “Besana” e “Parquesol”, que já estão pendurados na “Parede de Honra” do nosso Grupo. Apesar de não ter conseguido estar presente, o “Grupo Scout Barrio la Victoria”, foi lembrado e ser-lhes-á também entregue um lenço verde, rubro e branco.
  
 
 
Ainda na tarde desse 1º dia de Maio, os “nuestros hermanos”, acompanhados de todo o efectivo do 203, visitaram o milenar Mosteiro de Paço de Sousa e a Casa do Gaiato, após o que regressaram a Vale Formoso, a fim de se prepararem para o jantar internacional, em que mais uma vez tivemos o prazer de ter entre nós o Presidente da Junta de Freguesia e no qual foram servidas diversas especialidades espanholas e uma feijoada á modo do Chefe Zeferino.
  
O fim da noite foi abrilhantado com uma simpática actuação do nosso Rancho Folclórico de Paço de Sousa, a quem agradecemos publicamente a cordial disponibilidade e o grande amor ás tradições e á cultura da nossa terra, que transmitiram aos nossos companheiros de Valladolid.
  
No dia seguinte, Sexta-feira, dia 2 de Maio, depois do içar das bandeiras e do pequeno almoço, rumámos á cidade do Porto, onde, na zona histórica da Sé, nos esperavam elementos do Grupo 17, para participarem connosco num pedipaper, promovido pela Casa-Museu Guerra Junqueiro, que nos acolheu com toda a amizade e onde, no fim do jogo, fizemos uma fotografia de família, junto á estátua do escritor.
 
 
Depois do almoço, visitamos o Palácio da Bolsa e as Caves Ramos Pinto, onde fomos recebidos de forma magnifica, graças aos bons ofícios da simpática Chefe Ana, do Grupo 140, que ali trabalha e nos acompanhou.
  
Após se terem desvendado alguns dos mistérios do Vinho do Porto, atravessamos a rua, ou seja, a marginal de Vila Nova de Gaia e entramos num barco da “DouroAzul” para fazermos, a preço especial, graças aos bons ofícios do Senhor Pedro Negrão, daquela empresa, o “cruzeiro das pontes”, que nos proporcionou uma hora de animada navegação pelas águas do rio Douro.
  
A seguir ao passeio fluvial, fomos visitar a famosa “Casa da Música” e ainda tivemos tempo para ir até á praia de Matosinhos, onde alguns mais corajosos se aventuraram num mergulho bem fresquinho.
 
 
De regresso a Paço de Sousa, esperava-nos, antes do jantar, um reconfortante duche quente nas piscinas municipais de Paço de Sousa, graças ao irrepreensível apoio logístico prestado pela Câmara Municipal de Penafiel, por intermédio do Senhor Dr. Antonino Sousa, Vereador da Juventude e grande amigo do Escotismo no Concelho de Penafiel e em particular em Paço de Sousa.
 
Depois do jantar e antes do recolher, realizou-se uma actividade dinâmica e de reflexão, que permitiu que todos nos conhecessemos um pouco melhor.
O terceiro dia da visita, Sábado, 3 de Maio, começou com um passeio a pé, pela linda cidade de Penafiel, que nos levou até ao Sameiro e onde foi possível, aos mais destemidos (quase todos) subirem ao zimbório da igreja, para disfrutarem duma fantástica vista pela região do vale do Sousa.
 
Após as subidas e para baixar os níveis de adrenalina, seguimos até ao Salão Nobre da Câmara Municipal de Penafiel, onde fomos recebidos, de forma extremanente simpática e acolhedora, pelo Senhor Vereador da Juventude, Dr. Antonino, que convidou os nossos companheiros espanhois a voltarem á nossa terra, uma vez que é preciso mais tempo para conhecer todas as riquezas patrimoniais e culturais do Concelho de Penafiel. Antes da “fotografia de família”, foram entregues lembranças aos representantes dos Grupos visitantes.
 
 A notícia desta recepção pode também ser lida no site da
Câmara Municipal de Penafiel, em
www.cm-penafiel.pt/VSD/Penafiel/vPT/Publica/CentroComunicacao/Noticias/escuteirosdevalladolid.htm 
 
A seguir ao acto solene nos Paços do Concelho, seguimos até ao Monte Mozinho, onde almoçámos e fizemos diversos jogos, até á hora de sermos recebidos, ali no “Centro Interpretativo”, por uma arqueóloga do Museu de Penafiel, no âmbito do apoio logístico, á visita dos Grupos de Valladolid, providenciado, ao mais alto nível, pelo Pelouro da Juventude da edilidade Penafidelense.
Depois da exibição dum filme acerca dos trabalhos arqueológicos realizados no que já é considerado um dos mais importantes “castros” pré-romanos da Península Ibérica, partimos á descoberta dos seus recantos e encantos, sempre com os oportunos esclarecimentos da simpática técnica do museu municipal.
 
 Concluída a visita, com a assinatura do “livro de presenças”, partimos numa caminhada que nos levou a conhecer a floresta de Paço de Sousa, tendo subido todos até ao “meco” (marco geodésico) do Monte dos Calvos, onde, apreciando a vista sobre Paço de Sousa e Freguesias vizinhas, se descansou por breves minutos, até porque já nos esperava o bondoso Padre João, da Obra da casa do Gaiato, onde seria celebrada uma missa, que contaria com cânticos em Castelhano, pelas afinadas vozes da malta de Valladolid e que começou um pouco depois da hora combinada, devido a uma avaria momentânea, na fase final do trajecto pela floresta, no sentido de orientação dum certo elefante.....sorry !!!
Após a missa e antes do jantar, seguiu-se um merecido duche quente, que permitiu retomar as forças para a grande “fiesta” de despedida, em todos dançaram até muito tarde.
 
O Domingo, último dia da visita, chegou e desde muito cedo se notava alguma tristeza nos rostos de todos nós. Içamos as bandeiras e tomámos o pequeno almoço, pensando no momento da despedida, que se aproximava rápidamente.
Acabadas as últimas arrumações, fez-se uma formatura em círculo e de mãos dadas cantámos a “Canção do Adeus”, com os corações cheios de esperança, apesar de algumas lágrimas que teimavam em rolar pelas faces de muitos.
 
 Foram quatro dias inesquecíveis e ficou a promessa de, no próximo ano, sermos nós a rumar a Espanha, para visitarmos estes irmãos que ficarão para sempre nos nossos corações;
 
Grupo Scout Besana
Chefes:
Edwin (Chefe Boliviano) e Ruth, “la artista”
Escoteiros:
Dani, Juan, António, Lourdes, Nerea, Eloisa
 
Grupo Scout Íberos
Chefes:
Pablo “el doctor” e Rocio, “la llorona”
Escoteiros:
Clara, Depe, Paula, Irene, Pilar, Sergio
 
Grupo Scout El Pilar
Chefe:
Ana, “la destemida”
Escoteiros:
Agus, Blanca, Sheila, Delia,
 
Grupo Scout Parquesol
Chefe:
Álvaro, “el grande”
Escoteiros:
Alba, Leo, Jorge, Paula, Miguel, Sheila, Blanca, Sara
 
Obrigado por terem vindo e feito de nós pessoas melhores !!
(Gracias por venir y hacer de nosotros mejores personas !!!)
 
 


publicado por aep-grupo203 às 23:49
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
29
30

31


posts recentes

Reveillon 2009/2010 na Se...

Acantonamento de Natal 20...

Ceia de Natal do Grupo 20...

Ceia de Natal em Baião

OFICIALIZAÇÃO DO GRUPO 23...

Conselho Regional

Grupo 203 com o Banco Ali...

Raposa atropelada em Paço...

Projectos Rios - "Project...

Caminhada Ecológica

arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds